Jornal Correio Popular Notícia
AUDIÊNCIA
Deputada Sílvia Cristina defende inclusão da neuromodulação no SUS

Data da notícia: 2024-06-05 18:37:42
Foto: Site Câmara dos Deputados
Sílvia Cristina afirmou que o procedimento é eficaz no tratamento da depressão e esquizofrenia

Em uma audiência realizada na Comissão de Saúde da Câmara dos Deputados, na quarta-feira (5), a deputada federal Sílvia Cristina (PL) destacou o Projeto de Lei (PL) 5.376/2023, de autoria da deputada Maria Rosas, que propõe a inclusão de procedimentos de neuromodulação não invasiva na lista de tratamentos do Sistema Único de Saúde (SUS).

Sílvia Cristina reconheceu a presença e o trabalho do senador Jaime Bagatoli (PL), ressaltando as contribuições significativas tanto no setor agrícola quanto na saúde.

“É um grande senador do estado de Rondônia para o Brasil e veio nos prestigiar. Tem atuação muito grande no agro, mas especialmente na saúde”, afirmou a deputada.

Sílvia Cristina elogiou a iniciativa da deputada Maria Rosas, destacando a importância da neuromodulação como uma técnica inovadora que utiliza estímulos elétricos ou magnéticos para tratar condições neurológicas e psiquiátricas.

“A neuromodulação é uma técnica inovadora que utiliza estímulos elétricos ou magnéticos superficiais para influenciar áreas específicas do encéfalo”, explicou.

Segundo ela, as técnicas, reconhecidas pelo Conselho Federal de Medicina desde 2012, são eficazes no tratamento de diversas condições, como depressão, esquizofrenia e planejamento de neurocirurgias. Além disso, outras entidades profissionais, como os conselhos federais de Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional, também reconheceram a eficácia dessas terapias em suas respectivas áreas.

A parlamentar argumentou que incluir a neuromodulação na tabela de procedimentos do SUS é um passo crucial para garantir que essas técnicas inovadoras sejam acessíveis à população brasileira.

“Esta inclusão não se aplicará apenas às opções terapêuticas disponíveis para pacientes com diversas condições neurológicas e psiquiátricas, mas também reforçará o compromisso do SUS com atualização e inovação no campo de saúde pública”, frisou.

Fonte: Assessoria de Imprensa

Notícia vista 11432 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.