Jornal Correio Popular Notícia

PRAZO
Idaron segue com Campanha de Declaração de Rebanho

Data da notícia: 2024-05-23 18:13:36
Foto: Assessoria/Divulgação
O rebanho bovino de Rondônia é o maior do Brasil em áreas livres de febre aftosa sem vacinação

Faltando apenas oito dias para terminar o prazo para os produtores rurais rondonienses comunicarem o rebanho bovino, bubalino, ovino, caprino, suíno, aves, entre outros, a Campanha de Declaração de Rebanho da Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril de Rondônia (Idaron) já atingiu mais de 60% dos animais cadastrados. A atualização é obrigatória e segue até o dia 31 de maio.

De acordo com o presidente da Idaron, Julio Cesar Rocha Peres, é de suma importância continuar declarando os estoques e as quantidades de animais, a fim de que sejam atualizados periodicamente com o intuito de manter a segurança epidemiológica.

Ele ressaltou que a febre aftosa é uma doença caracterizada pelo trânsito e por isso é fundamental fazer o ingresso e o débito do rebanho para manter os dados em ordem para emitir a Guia de Transporte de Animais (GTA).

Realizada duas vezes ao ano, a Campanha de Declaração de Rebanho acontece ocorre nos meses de maio e outubro. O produtor rural pode declarar em uma das unidades da Idaron ou pelo link no site da Agência Idaron (www.idaron.ro.gov.br). É necessário fazer um cadastro com login e senha para ter acesso.

O sistema funciona todos os dias, inclusive sábado, domingo e feriado. Rondônia é um estado livre de febre aftosa e deixou de vacinar seus animais em 2022. O estado possui o maior rebanho bovino do Brasil, com 18,2 milhões de bovinos, dentro das áreas livre de febre aftosa sem vacinação.

A Organização Mundial de Saúde Animal (OMSA) reconhece além de Rondônia, os estados brasileiros de Santa Catarina, Paraná, Rio Grande do Sul, e partes do Mato Grosso e Amazonas são zonas livres de febre aftosa sem vacinação. Em abril, os estados da Bahia, Maranhão, Pará, Piauí, Rio de Janeiro, Roraima, Sergipe e parte do Amazonas realizaram a última vacinação contra a doença.

Fonte: Gabriela Suematsu

Notícia vista 1473 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.