Jornal Correio Popular Notícia
BASQUETE
Atleta de Rondônia é contratado pelo Flamengo do Rio de Janeiro

Data da notícia: 2024-04-12 18:18:47
Foto: Assessoria/Divulgação
O jogador de basquete, Rudvan Dantas, teve o irmão como inspiração

O Flamengo, do Rio de Janeiro, tem uma nova estrela no basquete. Trata-se de Rudvan Dantas Pardo, 18 anos, natural de Guajará-Mirim que foi contratado pelo clube carioca no início deste mês. Mas antes de chegar lá, o jovem percorreu um longo caminho marcado pela trágica morte do irmão, João Victor Dantas, além de uma breve passagem por Avaré (SP).

Rudvan conta que a paixão pelo basquete começou por acaso, graças ao irmão que o levou para as quadras quando tinha apenas 10 anos. No começo era brincadeira, mas aos poucos o amor pelo esporte foi crescendo. Em 2020 sua vida foi marcada pela tragédia. Seu irmão morreu horas depois de passar mal em uma instrução de campo no 6° Batalhão de Infantaria de Selva em Guajará-Mirim, cidade na fronteira com a Bolívia.

Além de militar, João Victor Dantas era jogador de basquete em Guajará-Mirim, cidade onde morava com a família. De acordo com uma nota do Exército, após passar mal nos exercícios, João foi diagnosticado com hipoglicemia (baixa concentração de açúcar no sangue) e rabdomiólise (que provoca insuficiência renal). Ele chegou a ser entubado e transferido de Guajará-Mirim para Porto Velho, mas ele não resistiu e morreu na madrugada.

Após esse episódio, e passado a pandemia, Rudvan foi morar em Porto Velho com o tio, o cinegrafista Rilmo Dantas, que conseguiu meia bolsa de estudos no Colégio Dom Bosco. E foi na escola que o jovem passou a se dedicar profissionalmente ao esporte.

Quando estava com 14 anos, Rudvan foi morar em Avaré (SP), para jogar no time de Cravinhos. Vídeos dele jogando viralizaram e ele foi procurado pelo Flamengo, com quem assinou contrato e já se apresentou. Mas para chegar ao Rio de Janeiro, o jovem teve outro desafio, faltava dinheiro para comprar a passagem. Como ele tinha que se apresentar ao clube na última segunda-feira, seu tio comprou uma passagem de ônibus de Porto Velho a Cuiabá, e uma aérea de Cuiabá para o Rio. E o jovem já está jogando na categoria sub, para atletas com idade até os 23 anos.

O tio de Rudvan lamentou a falta de apoio por parte das autoridades para incentivar o esporte em Rondônia, ‘a gente teve que fazer um sacrifício financeiro grande para comprar a passagem, mas valeu a pena. Rudvan é um menino de ouro, esforçado, batalhador, e tenho certeza que será uma grande estrela’, desabafou o tio.

Fonte: Assessoria

Notícia vista 11259 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.