Jornal Correio Popular Notícia
IMPACTO
Campanhas para um trânsito mais seguro

Data da notícia: 2024-04-08 18:09:03
Foto: Assessoria/Divulgação
Com apoio da BPTrans e CBM, Detran realiza ações educativas semanalmente em PVH

A iniciativa do Departamento Estadual de Trânsito de Rondônia (Detran) em tornar o trânsito mais seguro está sendo evidenciada pela população, e apresenta redução no número de sinistros em Porto Velho, de acordo com dados da Seção Operacional do Batalhão da Polícia de Trânsito (BPTran). O governo de Rondônia tem reforçado as ações voltadas para a educação no trânsito com campanhas desenvolvidas pela autarquia, a exemplo da “Sua Vida Vale Mais” e “Respeite Meu Espaço” para conscientizar pedestres, ciclistas, motociclistas e motoristas de que as boas atitudes no trânsito salvam vidas.

O empresário Ubirajara Júnior, frequentador do Espaço Alternativo, em Porto Velho, relatou que, a organização e a sinalização do local, promovida pelo departamento, geraram um impacto positivo no trânsito. “Agora este espaço está mais seguro para todos. O pedestre está andando na via do pedestre, o ciclista na ciclovia, e cada um está respeitando o seu espaço. Não presenciei mais acidentes aqui. Você percebe que as pessoas se respeitam mais com esse tipo de organização, isso demonstra que o Detran está cuidando de nós”, enfatizou.

O técnico em edificações, André Pedroso, aprova as ações educativas da Autarquia. “Além da ação ‘Respeite Meu Espaço’, fui abordado em blitz, e considero relevante que, o Detran fortaleça suas ações com foco na educação, fazendo com que os agentes de transformação sejam as pessoas que estão no trânsito. É surpreendente ver o pessoal respeitando os espaços, as sinalizações”.

As ações educativas da Escola Pública de Trânsito (EPTran) fazem parte do Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito (Pnatrans), ao qual a Autarquia aderiu em 2022. O Pnatrans se alinha às iniciativas da Organização das Nações Unidas (ONU) para a Nova Década de Segurança no Trânsito, e com as políticas nacionais de trânsito e de mobilidade urbana; e estabelece metas à redução de no mínimo 50% das taxas de mortes por grupo de habitantes e por de veículos, de 2018 a 2028.

Fonte: Jarlana Davy - Assessoria

Notícia vista 11890 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.