Jornal Correio Popular Notícia
CARIOCA
Vasco pede impugnação de jogo por erros de arbitragem

Data da notícia: 2024-02-16 17:55:46
Foto: Assessoria/Divulgação
Atuação do árbitro Bruno Mota Correia no clássico contra o Fluminense foi criticada pela diretoria do Cruzmaltino

O Vasco solicitou ao Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) a impugnação do clássico com o Fluminense. O pedido se dá depois dos erros de arbitragem vistos pelo cruz-maltino no confronto.

O Vasco coloca como principal objetivo anular os efeitos dos cartões aplicados. Isso porque teriam sido dados “em desacordo com as regras” e “geraram consequências danosas ao clube.”

O clube diz que reforçou um compromisso de melhorar o Carioca. “Trabalhar em parceria com clubes e federações na melhoria da qualidade da arbitragem de forma perene e sustentável pelo bem do futebol e campeonato carioca”, diz o comunicado.

“Os erros de direito que vem sendo praticados de forma sistêmica pela arbitragem são graves, dão conta de um desconhecimento dos protocolos e regras do futebol por parte dos árbitros e contaminam a integridade dos resultados e o potencial do campeonato em si”, reforça o documento.

O Vasco avalia que foi prejudicado nos últimos quatro jogos do Campeonato Carioca. O clube emitiu uma nota oficial em tom de revolta após o empate em 0 a 0 com o Fluminense, na última quarta-feira (14).

Com a ausência do Vasco, a Ferj e o Botafogo definiram o árbitro Wagner do Nascimento Magalhães para o clássico deste domingo (18), no Estádio Nilton Santos. Rodrigo Nunes de Sá comandará o VAR.

O Vasco enviou um ofício solicitando um árbitro Fifa e de fora do Rio de Janeiro. O pedido não foi acatado pela Ferj. O Cruzmaltino, então, decidiu não comparecer na reunião.

Após o empate no clássico, comissão técnica e diretoria do Vasco também reclamaram da condição do gramado do Maracanã. Na nota, o clube chamou o estado de conservação da grama de vergonhosa e pífia.

Nesta sexta-feira, o Consórcio Maracanã, que administra o estádio, se pronunciou sobre o estado do gramado.

De acordo com a nota oficial divulgada, os megashows de Paul McCartney e Ivete Sangalo, no fim de 2023, prejudicaram a recuperação do gramado já que os palcos ficaram montados por cerca de 15 dias.

Além disso, a grande quantidade de partidas no estádio em fevereiro, somados à temperatura e fortes chuvas características dessa época do ano, também não ajudam na hora de o gramado se recuperar.

Apesar do estado ruim do gramado atual, em especial na região mais próxima ao Setor Norte (à esquerda das cabines de transmissão), o Consórcio Maracanã garante que buscará deixar o gramado em condições ideais para as próximas competições.

Esse, segundo a administração do estádio, era um cenário já previsto.

Em 2024, Emiliano Díaz, Fernando Diniz e Tite já reclamaram do estado do gramado do Maracanã. O estádio ficou fechado em janeiro para a recuperação do gramado após os eventos de dezembro, mas logo no primeiro jogo, entre Flamengo e Vasco, debaixo de forte chuva, já foi alvo de críticas.

Fonte: Uol Esportes e Globo Esporte

Notícia vista 1672 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.