Jornal Correio Popular Notícia
CEiiA
Marcos Rocha assina protocolo em Portugal

Data da notícia: 2024-02-05 18:02:40
Foto: Assessoria/Divulgação
O governador Marcos Rocha durante solenidade de assinatura do protocolo de intenções com representantes do CEiiA

Atento às medidas para garantir o progresso de Rondônia, o governador Marcos Rocha (União Brasil) cumpriu agenda em Portugal, na semana passada, e avançou mais uma etapa no desenvolvimento estadual, com a assinatura de protocolo de intenção com Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto (CEiiA), referência mundial em inovação e tecnologias sustentáveis.

‘‘Estamos comprometidos em buscar o que há de melhor em inovação e tecnologia para fortalecer a sustentabilidade em Rondônia. Acreditamos que um futuro mais próspero se faz com a integração entre o cuidado com o meio ambiente, o clima e o desenvolvimento econômico, combinado ao emprego de inovações tecnológicas’’, defendeu Marcos Rocha.

A colaboração acontecerá nas áreas do clima e saúde, clima, florestas e serviços de ecossistemas, e ainda mobilidade urbana, cidades inteligentes e candeias logísticas associadas.

O protocolo inclui tratamento de dados geoespaciais e consultoria para planos de ação para adaptação climática, desenvolvimento de políticas e projetos que mitiguem a emissões de carbono na mobilidade urbana e a promoção dos objetivos de desenvolvimento sustentável, com base na Agenda 2030 da Organização das Nações Unidas (ONU).

Além disso, após a assinatura do protocolo, Marcos Rocha se reuniu para tratar de projeto sobre sequestro florestal de CO2, com os representantes do CEiiA e da Comissão de Coordenação da Região Norte de Portugal (CCDR-N), que é uma instituição pública portuguesa que trabalha com políticas voltadas para o meio ambiente, ordenamento do território e cidades, e desenvolvimento regional.

O sequestro florestal de CO2 é uma política debatida mundialmente como solução para amenizar o aquecimento global. Ele acontece naturalmente, especialmente, pelas florestas, a partir da fotossíntese. Mas a tecnologia também pode colaborar nesse processo.

A remoção de poluentes atmosféricos possui relevância climática, ambiental e impacta o desenvolvimento, pois favorece as atividades econômicas, dando sustentabilidade aos negócios.

Fonte: Secom

Notícia vista 1534 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.