Jornal Correio Popular Notícia

QUALIDADE
Produtoras são finalistas de concurso nacional de café

Data da notícia: 2023-10-24 17:59:48
Foto: Jessica Ocampo/Secom
O Concurso Florada Premiada é focado nas mulheres cafeicultoras, que reconhece o talento e a dedicação no Brasil

As mulheres rondonienses têm ganhado destaque na produção de cafés canéforas. O governo estadual incentiva a produção por meio de distribuição de mudas clonadas, projetos como o Degusta Rondônia e o Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia (Concafé), que reconhece a importância e o potencial das mulheres.

A Secretaria de Estado da Agricultura (Seagri) e a Entidade Autárquica de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) incentivam as mulheres rurais a produzirem café com qualidade e eficiência por meio das ações desenvolvidas. Prova disso, são as 17 mulheres produtoras de café de Rondônia que estão entre as finalistas do concurso “Florada Premiada” - 2ª edição Canephora, focado exclusivamente em mulheres cafeicultoras, que reconhece o talento e a dedicação na produção de café em todo o Brasil.

O anúncio dos nomes das vencedoras, durante a Semana Internacional do Café (SIC 2023), acontecerá de 8 a 10 de novembro, em Belo Horizonte (MG). O Concurso “Florada Premiada” 2023 tem o objetivo de destacar o papel das mulheres na indústria cafeeira e oferecer um reconhecimento às produtoras. Das finalistas de Rondônia, cinco são de cafés Robustas Amazônicos de terras indígenas. A produtora Ângela Maria Coutinho Pessoa, do município de Seringueiras, ficou em 1º Lugar, no 8º Concurso de Qualidade e Sustentabilidade do Café de Rondônia (Concafé), da região do Vale do Guaporé. A premiação aconteceu em 7 de outubro, em Cacoal. Ela está entre as classificadas do Florada Premiada.

“Já fiquei feliz pelo 1º lugar no Concafé, e agora, com essa classificação, meu coração se enche de orgulho de estar na final deste concurso nacional, estou confiante e seja o que Deus quiser”, comentou. Historicamente, a produção de café sempre foi uma atividade dominada por homens, com as mulheres assumindo papéis secundários nos bastidores. No entanto, com o passar dos anos, as mulheres têm demonstrado capacidade e habilidade na produção, trazendo inovação e uma nova visão para o setor.

Fonte: Secom

Notícia vista 1824 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.