Jornal Correio Popular


MEIO AMBIENTE
Sedam começa campanha contra incêndios florestais

Data da notícia: 2022-06-22 18:19:48
Foto: Assessoria/Divulgação
As ações de conscientização vão se estender pelos meses de junho, julho e agosto em todo o estado de Rondônia

Com a chegada do tempo seco e a escassez das chuvas, para ajudar a combater as queimadas, o governo de Rondônia por meio da Secretaria Estadual do Desenvolvimento Ambiental (Sedam), realiza a campanha anual, nos meses de junho, julho e agosto, para conscientizar a população para os problemas que afetam o meio ambiente, fauna, flora e a segurança e a saúde das pessoas.

Neste ano, a campanha reforça a importância da participação a população e o tema “Educar é prevenir”.

A Sedam vem trabalhando com ações educativas desde janeiro de 2022, visitando escolas, associações rurais, prefeituras e secretarias municipais de Meio Ambiente, a fim de impulsionar metas conservacionistas. Deigna Laís Oliviak, coordenadora de educação ambiental da Sedam, explicou que o trabalho de conscientização ambiental é fundamental para promover o trabalho realizado pela Secretaria. “Toda orientação e conscientização é tão importante quanto as ações de combate às queimadas ilegais e focos de incêndios”.

De acordo com a coordenadora estadual, a primeira fase da campanha consiste em ações de sensibilização à população sobre a forma correta para cuidar do meio ambiente, com orientações por meio de blitz educativa, com a divulgação de materiais orientativos como banners, fôlderes e jogos educativos relacionados às queimadas, voltados ao âmbito escolar.

A segunda etapa da campanha acontece de julho a outubro. Neste período, ocorre fiscalização mais ostensiva. O trabalho tem como objetivo enfatizar a importância da colaboração da comunidade nos casos de denúncias relacionadas a crimes ambientais cometidos.

“A campanha contra queimadas e incêndios florestais realizada pelo governo de Rondônia, por meio da Sedam, não visa apenas a punição, mas a realização de um trabalho construtivo de Educação Ambiental, para que toda a sociedade entenda quais problemas são causados pela destruição do meio ambiente”, detalhou Deigna.


Fonte: Secom


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.