] Jornal Correio Popular
Ji-Paraná(RO), 24/05/2022 - 12:24
JORNAL CORREIO POPULAR DE RONDôNIA - Fone: 69-3421-6853 - E-mail: redacao@correiopopular.net


SOJA
Começa monitoramento para combate à ferrugem asiática

Data da notícia: 2021-11-29 18:42:10
Foto: Assessoria/Divulgação
O Governo de Rondônia busca a reaproximação dos produtores de soja para alinhar estratégicas de prevenção

A Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril (Idaron) iniciou um processo de reaproximação com o produtor de soja rondoniense para alinhar estratégias e reforçar as políticas de prevenção e combate à ferrugem asiática (Phakopsora pachyrhizi), praga que ameaça uma das principais culturas agrícolas do estado, a soja.

Já em 2019, houve a reaproximação. A eficiência de qualquer programa de Defesa Agropecuária está diretamente ligada com a apropriação desse programa pelo principal beneficiado, que é o produtor. Assim aconteceu, por exemplo, com o programa da febre aftosa que, há 20 anos, que se transformou em um programa de estado e não de governo, por ser exigido pelo Fundo Emergencial de Febre Aftosa de Rondônia (Fefa).

Assim deve acontecer com todos os outros programas de defesa agropecuária. O produtor organizado, entendendo a importância dele deve se apropriar dos seus objetivos para dar mais eficiência ao controle da ferrugem asiática. “A pandemia impediu que esse diálogo fosse maior, devido ao risco de contágio pela Covid-19, mas, agora, que a pandemia arrefeceu, a gente vai consolidar essa aproximação”, explicou o gerente de Defesa Vegetal, Jessé de Oliveira.

A reaproximação permitirá mais eficiência no monitoramento da ocorrência da ferrugem asiática, mapeando o comportamento do fungo nas diferentes regiões do estado. O trabalho será realizado em conjunto com a Associação dos Produtores de Soja e Milho do Estado de Rondônia (Aprosoja).

Em Rondônia, de acordo com a previsão da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab-2021) a produção de grãos na safra 2021/2022 está estimada em 2,6 milhões de toneladas; 0,1% maior que a safra anterior. A área plantada deve crescer 2,7%, alcançando 675,3 mil hectares; 2,7 % superior à da safra 2019/2020.


Fonte: Assessoria de Imprensa.


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.