Jornal Correio Popular


BRASILEIRÃO
Governo de SP pretende liberar público em novembro

Data da notícia: 2021-08-04 18:40:41
Foto: Assessoria/Divulgação
Mirassol e Santo André, em 15 de março de 2020, foi o último jogo com a presença de torcedores em São Paulo

Governo do Estado de São Paulo anunciou, nesta quarta-feira (4), que planeja liberar o retorno do público aos estádios de futebol do estado, a partir do dia 1º de novembro. No entanto, de início deve haver controle no número de torcedores e cuidados sanitários ainda deverão ser obrigatórios.

Estádios, assim como eventos, shows e pistas de danças, voltarão a ter comercialização de ingressos. Os cuidados sanitários para o retorno das torcidas para as arquibancadas são: uso obrigatório de máscara em qualquer ambiente, respeito aos protocolos de higiene, distanciamento e 100% da população adulta presente com o esquema vacinal completo.

“A partir do dia 1º de novembro, nós teremos o segundo marco muito importante: 100% dos adultos do nosso estado terão acesso ao esquema vacinal completo e a meta é alcançar pelo menos 90% da população de São Paulo. A partir do dia 1º de novembro será permitido eventos com controle de público, mas que possam ter pessoas em pé e pista de dança. Lembrando, que o distanciamento e o uso de máscaras seguirão obrigatórios”, disse Patrícia Ellen, secretária de Desenvolvimento Econômico do Governo de São Paulo.

A última vez que o Estado de São Paulo recebeu partidas com público foi no final de fevereiro de 2020, ainda antes do surto do novo coronavírus (Covid-19) no país. A liberação planejada pelo governo segue a previsão do avanço da vacinação no Estado.

Em 15 de março de 2020, o Estádio Municipal José Maria de Campos Maia, em Mirassol, recebeu o último jogo com presença de público em São Paulo. Na ocasião, o Mirassol venceu o Santo André, por 1 a 0, pelo Campeonato Paulista.

Atualmente, o Estado de São Paulo conta com cinco equipes na Série A do Campeonato Brasileiro, sendo três da Capital, (Corinthians, Palmeiras e São Paulo), além de Santos e Red Bull Bragantino.

A Confederação Brasileira de Futebol (CBF), organizadora do Brasileirão, pretende criar um protocolo para o retorno gradual do público aos estádios. O plano contará com ações de médio e longo prazo, buscando evitar o contágio da Covid-19.


Fonte: Gazeta Esportiva


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.