Jornal Correio Popular


Error updated record: Truncated incorrect DOUBLE value: ''
LIBERTADORES
Palmeiras perde em casa, mas fica com a vaga para a decisão

Data da notícia: 2021-01-14 09:58:59
Foto: Assessoria/Divulgação
Equipe paulista sofreu, mas conseguiu superar o River Plate no placar agregado e avançou para a decisão da competição

A noite desta terça-feira (12) não foi nenhum pouco calma para os mais de 10 milhões de torcedores do Palmeiras. O time paulista perdeu, por 2 a 0, no Allianz Parque, em São Paulo, para o River Plate, da Argentina, mas conseguiu ficar com a vaga na final da Copa Libertadores da América, pois havia vencido o jogo de ida pelo placar de 3 a 0.

Logo no comecinho do jogo, aos nove minutos, o Verdão teve a primeira oportunidade de gol. Gabriel Menino lançou Rony, o camisa 11 do Palmeiras ficou cara a cara com o goleiro Armani, mas não conseguiu driblar o arqueiro e perdeu a chance de abrir o placar na casa alviverde.
Menos 40 segundos depois, Borré, camisa 19 do River, chutou colocado de fora da área e exigiu uma grande defesa do goleiro Weverton.

As coisas começaram a dar errado no Allianz Parque, a partir dos 28 minutos da primeira etapa, quando De La Cruz cobrou o escanteio, mandando a bola na marca do pênalti, e Robert Rojas subiu mais alto que a zaga do Palmeiras, marcando o primeiro gol dos Milionários.

Antes do intervalo, o clube argentino ainda conseguiu ampliar o placar. Aos 43 minutos, De La Cruz cruzou pela direita, Matías Suárez antecipou a bola e desviou para Borré marcar o segundo do River.

Aos seis minutos do segundo tempo, o clube argentino marcou o gol que levaria a decisão do finalista para os penâltis. Angileri cruzou a bola para a direita e Montiel apareceu sozinho para marcar o terceiro gol dos Milionários. Porém, após longa conversa com a equipe de Assistentes de Vídeo (VAR), o árbitro da partida anula o gol do River Plate, marcando o impedimento de Borré, no início da jogada.

O time do Palmeiras não conseguia se encontrar dentro de campo, dando várias oportunidades para a equipe argentina. Em diversos momentos, o goleiro Weverton salvou o Verdão de tomar o terceiro gol na partida.

Aos 30 minutos do segundo tempo, o Esteban Ostojich marcou pênalti de Allan em Matías Suárez. Após nova revisão no VAR, o árbitro voltou atrás e marcou simulação do atacante argentino.

Para deixar a decisão com ainda mais emoção, o árbitro de vídeo entrou em cena mais uma vez. Com o relógio marcando 54 minutos do segundo tempo, a cabine do VAR chamou o juiz Esteban Ostojich para analisar um possível pênalti de Benjamín Kuscevic no atacante Borré. Durante a checagem, foi identificado um impedimento do River na origem da jogada e o jogo seguiu.

Aos 57 minutos o árbitro finalmente apontou o centro do gramado e apitou o fim do jogo, para os palmeirenses comemorarem a classificação do clube à quinta final da Libertadores. A grande decisão será realizada no dia 30 de janeiro, no Estádio Jornalista Mário Filho (Maracanã), no Rio de Janeiro, em jogo único.

Fonte: Marco A. Bernardi

Notícia vista 1 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.