Jornal Correio Popular




INFRAÇÃO
Motoristas passam nas calçadas de ruas com o trânsito bloqueado

Data da notícia: 2019-07-12 18:04:53
Foto: Assessoria/Divulgação

Há cerca de um mês, foram iniciadas as construções das 57 faixas de pedestres elevadas, instaladas em frente a órgãos públicos, escolas e em ruas de grande movimento.
Pouco tempo após o inicio das obras, algumas faixas já apresentavam deformidades. Segundo a Autarquia Municipal de Trânsito (AMT), os danos foram causados pelos condutores que retiraram os cavaletes que impedem o trafego nas vias.
“Tivemos alguns transtornos em virtude dos próprios condutores, que retiraram a sinalização das vias que estavam fechadas para a cura do concreto e isso danificou algumas faixas que foram construídas. Agora, a empresa responsável está isolando novamente o local e refazendo as partes danificadas”, afirmou Alex Marcos da Silva, presidente da AMT.
A empreiteira responsável pela obra levantou tapumes em volta das faixas, mas os condutores começaram a usar as calçadas para furar o bloqueio.
“Mesmo isolado, eles continuam passando, o meu marido aumentou a proteção, colocando os cavaletes na calçada, deixando uma passagem para os pedestres. Se o trânsito está impedido, por que passar com o carro e moto por aqui?”, questionou Odete Maria Silveira, fundadora da Creche Cantinho do Céu.

Multa
Trafegar com veículos em passarelas, calçadas e acostamentos é condenado pelo Código de trânsito Brasileiro (CTB).
A multa para quem for flagrado transitando nesses locais será de R$ R$ 880,41. Isso porque a penalidade da infração gravíssima é multiplicada por três.
Segundo o CTB, os locais têm outras finalidades e não são destinadas ao tráfego de veículos. O comportamento coloca em risco a segurança de pedestres e até mesmo do condutor, que pode se machucar e até mesmo perder a vida em um acidente.

Fonte: Marco Bernardi

Notícia vista 17 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.