Jornal Correio Popular




ELEIÇÕES 2018
Atentado a faca contra Jair Bolsonaro fere a democracia

Data da notícia: 2018-09-07 11:15:20
Foto: metrojornal/Internet

O candidato à presidência da República, Jair Bolsonaro, foi agredido durante um ato de campanha, em Juiz de Fora (MG), na tarde de quinta-feira (6). O candidato foi retirado do local por populares e levado para atendimento no Hospital Santa Casa em Juiz de Fora, sendo que, ao mesmo tempo, uma pessoa foi detida pela agressão.

A notícia imediatamente tomou conta do país e espalhou-se pelas redes sociais, dando do grave atentado que revoltou tanto aos eleitores como aos demais candidatos que participam do pleito de 2018. Rapidamente, imagens do momento em que Jair Bolsonaro era puxado no meio de uma multidão passaram a circular pelas redes sociais da internet.

O candidato Jair Bolsonaro (PSL) foi operado ainda na noite de quinta-feira, para estancar uma hemorragia em uma veia abdominal, e os médicos constataram que ele teve o intestino delgado costurado e parte do intestino grosso retirada. O procedimento foi necessário para que os médicos pudessem evitar risco de morte e também evitar o surgimento de possíveis infecções. Em entrevista coletiva naquela noite, a equipe médica que o atendeu na Santa Casa de Juiz de Fora estimou que o candidato poderá ficar hospitalizado por, no mínimo, uma semana, e confirmaram que houve a necessidade de realizar uma colostomia. Em até dois meses, ele provavelmente terá de ser operado novamente.

O autor do ataque a Bolsonaro foi preso pela Polícia Militar da cidade, sendo que, horas mais tarde, a Polícia Federal, responsável pela segurança do candidato, abriu inquérito para investigar o caso.

TRANSFERÊNCIA PARA SÃO PAULO

Na manhã da sexta-feira, 7, o candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, foi transferido para o Hospital Albert Einstein, em São Paulo. Bolsonaro será submetido a uma série de exames que devem durar cerca de 3 horas, segundo a assessoria do hospital. Só depois da avaliação médica, é que será definida a equipe que vai ficar responsável pelos cuidados com o presidenciável. Ainda segundo a assessoria, o estado de saúde de Bolsonaro é grave, mas estável.

Ele saiu de Juiz de Fora (MG), onde estava internado na Santa Casa depois de sofrer um atentado na tarde de ontem (6), em um avião que pousou no aeroporto de Congonhas. De helicóptero da Polícia Militar, ele seguiu até o Palácio dos Bandeirantes, sede do governo paulista. De lá, o candidato foi colocado em uma ambulância com destino ao Hospital Albert Einstein, no Morumbi. Bolsonaro foi transferido para São Paulo a pedido da família.

Fonte: Agência Brasil

Notícia vista 114 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.