Jornal Correio Popular





Semusa inicia vacinação contra raiva animal

Data da notícia: 2018-08-09 10:33:54
Foto: Assessoria/Divulgação
Vacinação é a única maneira de manter o município livre da raiva, doença contagiosa que pode ser transmitida ao homem

A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) inicia, no dia 14 de agosto, a Campanha Nacional Contra Raiva Animal. A expectativa é de vacinar aproximadamente 28 mil cães e gatos na área urbana e rural do município.
Segundo a coordenadora do Centro de Controle de Zoonoses (CCZ), Eliana Pereira Dias Cruz, as equipes iniciarão a campanha nas aldeias indígenas com apoio da Casa de Saúde Indígena (Casai).
A próxima etapa será a imunização dos animais dos distritos de Nova Colina e Nova Londrina, nos dias 21 a 23. As equipes seguem para a área rural no dia 29, onde visitarão todas as casas dos setores rurais do município.
“Nós adotamos uma estratégia em 2017, que deu muito certo e pretendemos repetir neste ano. Durante 52 dias, de segunda a quinta-feira, nossas equipes farão a vacinação de casa em casa. A ideia é diminuir ao máximo a possibilidade de ter animais sem a imunização contra a raiva na área rural”, explicou.
Na área urbana, a campanha será realizada em duas etapas. No dia 25, sábado, acontece a vacinação no 1º distrito. Essa é a região de Ji-Paraná onde o CCZ registrou o maior número de animais domésticos.
Serão montados diversos pontos de vacinação em que atuarão 120 pessoas como agentes de saúde, técnicos de enfermagem e acadêmicos da área da saúde.
No 2º distrito, a campanha acontece no dia 15 de setembro, também em um sábado. Como a área territorial é maior, serão montados mais pontos de vacinação com 170 vacinadores em escolas, igrejas e unidades básicas de saúde (UBSs).
“O horário de vacinação nos dois distritos de Ji-Paraná será das 8 horas às 17 horas. Todos os donos de cães e gatos devem levar os animais com mais de 60 dias de idade. A vacinação é a única maneira de manter o município livre da raiva, uma doença contagiosa que pode ser transmitida ao homem por meio do vírus, presente na saliva e secreções de animais infectados. A vacina é gratuita”, esclareceu a coordenadora.

Fonte: Assessoria

Notícia vista 136 vezes


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.