Jornal Correio Popular





MP discute impactos da regionalização de presídio
A regionalização do Presídio da Comarca de Alvorada do Oeste foi debatida em audiência pública realizada na última terça-feira (24), no auditório da Promotoria de Justiça da Comarca de Alvorada do Oeste. A audiência foi convocada pelo promotor de Justiça Fernando Henrique Berbert Fontes diante da preocupação com os impactos da proposta da Secretaria de Estado da Justiça de regionalizar o presídio da Comarca de Alvorada do Oeste para que passe a receber apenados também de Presidente Médici e Nova Brasilândia do Oeste. A audiência contou com a participação de representantes da Sejus, Câmara dos Vereadores, OAB, Defensoria Pública do Estado de Rondônia, Polícia Civil, Polícia Militar e Conselho da Comunidade de Nova Brasilândia. Na reunião, o promotor Fernando Henrique Berbert fez uma explanação sobre os problemas enfrentados pelo sistema prisional do estado, como precariedade da estrutura física e falta de pessoal, e relatou a preocupação com o impactos que serão causados pela regionalização do presídio da comarca. Ele salientou que o governo de Rondônia procedeu a transferência dos apenados de Nova Brasilândia do Oeste para a unidade local e, de maneira pouco planejada, deu início à obra de ampliação do número de vagas das celas coletivas, com importantes alterações no projeto base....


Compartilhe com seus amigos:
 




www.correiopopular.com.br
é uma publicação pertencente à EMPRESA JORNALÍSTICA CP DE RONDÔNIA LTDA
2016 - Todos os direitos reservados
Contatos: redacao@correiopopular.net - comercial@correiopopular.com.br - cpredacao@uol.com.br
Telefone: 69-3421-6853.